A EPAD em parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa promoveu uma recolha de mantimentos para auxiliar as vítimas da enorme tragédia que ocorreu em Moçambique. Foi pedido que trouxessem produtos enlatados de fácil abertura e longa duração de validade.

Toda a comunidade epad correspondeu à altura ao apelo feito pela escola e juntaram-se mais de 250 mantimentos: feijão, salsichas, bolachas, atum, milho, arroz, massa, etc…

Os bens chegarão a Moçambique através do transporte da Equipa da Cruz Vermelha Portuguesa – entidade que está no local a prestar assistência (Centro Humanitário de Lisboa).